Amigdalite – esteja atento

Amigdalite – esteja atento


A Amigdalite o que é?

A amigdalite é uma inflamação das amígdalas, duas glândulas estrategicamente localizadas na garganta, que fazem parte do sistema imunitário (sistema responsável pela proteção do organismo). As amígdalas são a primeira linha de defesa contra vírus e bactérias que entram pela boca e, como tal, estão, por vezes, sujeitas a desenvolver inflamações. As inflamações próximas da garganta podem criar desconforto e dúvidas, pelo que vamos tentar hoje esclarecer algumas delas.

A inflamação das amígdalas acontece, normalmente, devido a uma infecção viral ou bacterina, caracterizando-se pelo aumento do seu tamanho e alteração de cor para um vermelho intenso.

A amigdalite deve-se geralmente a uma infecção bacteriana ou viral. A localização das amígdalas faz com que exista contacto por parte dos microrganismos presentes nos alimentos e no ar. Este é um factor que pode levar a que aconteça uma infecção, embora o factor mais comum da amigdalite seja a propagação de microrganismos devidos a uma constipação ou laringite.

Apesar de poder acontecer em qualquer idade, a amigdalite é mais comum em crianças pequenas, principalmente devido à imaturidade do seu sistema imunitário.

Normalmente a amigdalite aguda acontece de forma súbita e desaparece após sete dias, após tratamento adequado. Os sintomas caracterizam-se por dores de garganta e dificuldade na deglutição devido ao tamanho que adoptam devido à infecção. Frequentes são febre, a sensação de mal-estar e dores de cabeça. As dores também se podem sentir nos ouvidos devido aos nervos que são partilhados com a garganta.A amigdalite não é contagiosa, contudo, as infeções que lhe dão origem são (por exemplo, constipações). Como tal, podem ser transmitidas de pessoa para pessoa, através do contacto com as secreções de uma pessoa infetada. Estas infeções são mais frequentes no inverno e na primavera e propagam-se rapidamente em locais fechados, como escolas e infantários.


O tratamento da amigdalite

O tratamento é feito com a administração de analgésicos e antipiréticos que têm uma acção de redução dos sintomas. No caso da origem da infecção ser bacteriana, o médico poderá prescrever um antibiótico.

Aremoção das amígdalassó é recomendada em situações específicas, como por exemplo, em amigdalites de repetição ou crónicas e amigdalites bacterianas que não respondem aos antibióticos.

Fazer uma alimentação rica em vitamina c, evitar apanhar ar frio e não partilhar o mesmo ar com uma pessoa com amigdalite, são tudo formas que podem ajudar a prevenir este tipo de infecções.

Consulte-nos para podermos ajudar a prevenir e orientar o tratamento necessário ou o encaminhamento ao médico, consoante cada caso. Como sempre, a Farmácia e o seu Farmacêutico estão disponíveis para si!

Artur Pinhão

Fevereiro 2019