Cãibras – O que fazer?

Uma cãibra muscular acontece numa área do corpo contraída involuntariamente e pode surgir sem aviso prévio, levando a uma interrupção de um treino ou exercício físico, independentemente do seu grau de intensidade. As cãibras são algo que afeta muita gente e que, embora não represente uma consequência grave para a saúde, pode dificultar a utilização dos músculos afetados temporariamente, daí ser o tema abordado hoje.

A cãibra corresponde à contração súbita e involuntáriade um ou mais músculos, frequentemente das pernas (nomeadamente o gémeo, ou “barriga da perna”) e dos pés. Acontece muitas vezes durante ou após esforços físicos intensosespecialmente em ambientes muito quentes, por desidratação, durante a gravidez e, esporadicamente, associada à toma de alguns medicamentos, como os diuréticos.Por norma, as cãibras desaparecem sem ser necessário nenhum cuidado específico, mas massajaralongar o músculo ou grupo de músculos afetados pode contribuir para acelerar a sua resolução e aliviar a dor. Adicionalmente, em alguns casos, os alongamentos, além de aliviarem a dor, podem ser uma boa forma de reduzir a frequência das cãibras.

As causas mais frequentes das cãibras são a má circulação (com falta de oxigénio no tecido muscular), falta de hidratação, carência de vitaminas e/ou minerais e prática de exercício físico forçado ou sem prévio aquecimento.

Como evitar cãibras musculares?
Existem alguns “truques” que pode adoptar para evitar o aparecimento das cãibras. Um dos mais importantes é a manter-se hidratado, já que a desidratação é a principal causa da ocorrência de cãibras musculares.Deve ter em atenção também a alimentação e a falta de sódio e de potássio, minerais essenciais para as evitar. É sabido que a banana é uma boa fonte de potássio, pelo que se comer uma banana antes de praticar exercício físico, pode ser uma forma de prevenir o aparecimento destas contracções.

Deve, igualmente, consumir alimentos ricos em vitaminas e minerais, como as vitaminas ADE e minerais como magnésiozinco, que além de prevenirem as cãibras musculares, podem ajudar a aliviar a dor. A deficiência de vitaminas pode levar directa ou indirectamente a cãibras musculares, nomeadamente a carência de vitaminas do grupo B, como por exemplo, B1, B5 e B6.

A maioria das cãibras pode ser reduzida ou eliminada se alongar o músculo. Muitas vezes, é conveniente aplicar calor com uma almofada de aquecimento ou um banho quente.

As cãibras também podem ser o reflexo de condições de saúde como a aterosclerose ou níveis baixos de certos minerais no organismo, como o potássio, o cálcio ou o magnésio. Assim, consulte o seu médico se as cãibras:

  • Forem frequentes;
  • Durarem longos períodos de tempo (mais do que 10 minutos);
  • Estiverem associadas a dormência ou inchaço de um membro, como uma perna;
  • Comprometerem o seu sono e qualidade de vida.

O aconselhamento adequado, na sua farmácia, é fundamental para garantir a prática de exercício físico de uma forma segura e saudável, não deixe de nos consultar!

Artur Pinhão

Julho 2019