Depilação – cuidados importantes

Depilação – cuidados importantes

A Depilação

Com a chegada do tempo quente e do desconfinamento, importa abordar os cuidados a ter antes e depois da depilação. Independentemente do método depilatório utilizado, a remoção do pelo sensibiliza a pele e torna-a mais vulnerável, por isso é importante que a prepare e que cuide dela, tanto antes como depois. 


Cuidados pré-depilação:

Teste a tolerância dos produtos depilatórios antes da primeira utilização. Aplique o produto numa pequena área que deseja depilar e se após 24 horas não houver nenhuma reação adversa, pode continuar a utiliza-lo normalmente;

  • Siga corretamente as instruções de utilização dos produtos que usar, tomando nota do tempo específico de atuação;
  • Evite a depilação em zonas de pele irritada ou ferida, pois o processo depilatório vai deixar a pele ainda mais fragilizada e pode agravar a irritação;
  • Se optar por utilizar a gilete como método depilatório, utilize um produto auxiliar específico que hidrate a pele e proporcione um melhor deslizar da lâmina. Alternativamente pode optar por um aparelho com barras de gel incorporadas, onde é criada uma camada de proteção entre a pele e lâmina, que facilita o deslizar e ajuda a proteger a pele;
  • Se optar por utilizar cera como método depilatório evite a aplicação de cremes ou óleos que possam interferir com a aderência da cera à pele. O mesmo acontece se optar por utilizar cremes depilatórios, pois os ingredientes podem interagir e levar a resultados menos eficazes;
  • Opte por fazer a depilação com cera fora do período menstrual, pois a sensibilidade da pele neste período é maior, e a depilação pode tornar-se mais dolorosa.

Cuidados pós-depilação:

  • Aplique produtos específicos para o cuidado pós-depilatório, à base de substâncias calmantes como camomila e pantenol que ajudem a hidratar e suavizar a pele;
  • A zona das axilas é particularmente delicada e pode secar ou ficar irritada depois das depilações, por isso é recomendável a utilização de desodorizantes com propriedades calmantes e suavizantes, sem álcool nem perfume;
  • Evite a exposição solar e a aplicação de produtos perfumados por um período de 24 horas após a depilação. As praias, piscinas e saunas também devem ser evitadas, sobretudo se forem utilizados métodos de depilação mais agressivos;
  • Aplique protetor solar sempre, principalmente nos dias que se seguem à depilação, pois a pele está sensibilizada e mais suscetível aos danos causados pelas radiações solares;
  • Evite as roupas apertadas e opte por tecidos respiráveis como o algodão, em vez de tecidos sintéticos. A fricção provocada pelas roupas demasiado apertadas pode provocar irritações e pelos encravados. As zonas mais sensíveis como as virilhas e as axilas são as mais suscetíveis;
  • Pelos encravados são uma consequência frequente das depilações. Para evitar este problema faça regularmente exfoliação com exfoliantes suaves de forma a remover as impurezas e células mortas, que podem bloquear os poros e impedir o crescimento normal do pelo;
  • Depilações frequentes desidratam e agridem a pele. É, por isso, recomendável que aguarde, pelo menos, 72 horas entre depilações, independentemente do método escolhido.

Para qualquer dúvida ou esclarecimento estaremos ao seu dispor, não deixe de nos consultar!


Artur Pinhão

Junho 2020