Retenção Líquidos na Gravidez

Retenção Líquidos na Gravidez

Retenção Líquidos na Gravidez

 

O tema de hoje aborda a retenção líquidos na gravidez em particular, algo a que quase nenhuma mulher grávida irá escapar. A retenção de líquidos na gravidez é um dos principais fatores que contribuem para a sensação de “pernas pesadas”, especialmente no fim do dia, e inchaço dos tornozelos e dos pés. Este desconforto pode ocorrer logo no início da gestação mas é mais frequente no 3º trimestre induzido pelas alterações metabólicas do corpo da mãe e aumento do peso do útero.

 

A partir da   23ª Semana da Gravidez com o aumento do peso poderá ter edemas e inchaços nas pernas e pés com maior frequência.

 

A retenção de líquidos, também conhecida como edema, costuma ser pior quando está muito calor, e ao fim do dia. Sabe-se que a primeira causa da retenção de líquidos, seja durante a gravidez ou não, é a reduzida ingestão de água, ao contrário do que se poderia pensar. O surpreendente é que o que ajuda é beber mais líquidos, e não menos. Portanto não hesite em beber água .

 

Mas há outros fatores que podem provocar a retenção de líquidos como:

  • Alterações hormonais próprias da gravidez que contribuem para o aumento do volume sanguíneo e da retenção hídrica;
  • Doenças anteriores à gestação (varizes, obesidade);
  • Ambientes quentes;
  • Uso de roupas apertadas (que dificultam a circulação e impedem uma boa drenagem de líquido);
  • Ganho excessivo de peso;
  • Uso de sapatos apertados e de salto alto.

 

Para ajudar a minorar este problema temos de adotar medidas preventivas:

  • Diminua a ingestão de sal
  • Aumente a ingestão de fruta e hortícolas
  • Evite bebidas alcoólicas e refrigerantes: assim como os alimentos com elevado teor de sódio / sal, também o álcool, o açúcar e o gás dos refrigerantes provoca a retenção de líquidos. sem açúcar, bebidas que previnem este problema.
  • Beba cerca de 1,5l a 2l de água ou chá diariamente. Alguns chás, mais precisamente a cavalinha, dente-de-leão, chá verde, chá erva-príncipe e chá de funcho, têm ação diurética, podendo ser particularmente úteis.
  • Pratique exercício físico com regularidade. A prática de exercício físico durante a gravidez, principalmente através de caminhadas, pode também ser uma grande ajuda para combater a retenção de líquidos durante a gravidez, visto que ajuda a ativar e melhor a circulação sanguínea.
  • Evite permanecer de pé ou sentada por longos períodos de tempo.Ao permanecer na mesma posição durante muito tempo, estará a comprometer a sua circulação, o que acentua a retenção de líquidos.
  • Use roupa interior confortável e de algodão. Tenha especial atenção à roupa que usa, de modo a que seja confortável e não muito apertada, pois roupa apertada impede a normal circulação sanguínea e favorece a retenção.
  • Utilize meias de descanso.As meias de descanso poderão ser um grande aliado para aliviar o peso das pernas potenciado pelo inchaço.

 

Loja online —> Collant De Gravidez

 

Sobre este assunto e outros relacionados com  gravidez passe pela farmácia que ajudaremos a acompanhá~la nesse caminho importante que terá de percorrer!

 

 

Artur Pinhão

Setembro 2018